poesia

a constatação da épica pessoal – vinicius ferreira barth

fatos disformes e
              feitos
narrados desamarrados

eia! musa que te buliu.

e eu tomo no
                escudo
todo dia uma lança:
comilança balança
pajelança ponta-de-lança
cochamblança
lambança

e aqueles gregos, há,
brigavam peladinhos.

 

Vinicius Ferreira Barth

Padrão

3 comentários sobre “a constatação da épica pessoal – vinicius ferreira barth

  1. Tu tens de ler o “Lustra”, do Pound, traduzido pelo Dirceu Villa, do blog “O Demônio Amarelo”, que vocês já estão seguindo após a minha recomendação. Muito massa o blog de vocês! Parabéns!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s