poesia

MANHÃS INCERTAS – bernardo lins brandão

MANHÃS INCERTAS
o bocejo de um gato
e o cheiro forte do real
como incenso

fugidio

o peso do eterno
assombra e liberta

 

bernardo brandão

Padrão

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s