poesia

calle la barcelonesa – vinicius ferreira barth

Gustav_Klimt_010gustav klimt – danaë (1907)

com sinceros agradecimentos à queridíssima poeta argentina romina alves, que, com sua criação half-porteña half-portuguesa, nos proporciona uma sonoridade única, fazendo com que meu próprio texto alcance, oralmente, resultados que eu mesmo não havia previsto. ela é autora do livro lançado agora em 2012 chamado poesía vana, que contém também poemas em português.
apertem play e boa leitura.

[p.s.: quem recebeu o post por email ficou sem o player e com o texto formatado corretamente. aqui na página aconteceu o contrário. os editores de texto dos blogs, afinal, não colaboram.]

i.
asturias
entre dos puntos
misteriosos

mientras camino
y dos ojos

me engolem
de um só gole
dissonante

ii.
tanto a aprender
e me perco em
duas vias

bebo-a

ella se me subiera
hasta la boca
con cada uno de sus
cuarenta y cinco grados
de alcohol
garantizados por
el fabricante

iii.
así es

sol que desce
rolando
escorregando
por vãos em costas
molhadas

planetas que se encuentram
en las noches del astro rey
quedando sin sonido
chicos
ante el exuberante amor de las esferas

iv.
rasgos de saia
ojos así lastimados
a ceia do nosso senhor
nas carnes de
una chica valorosa

por que te quedas
tan moroso?

v.
seca bofetada
que corta la histeria
las preguntas inútiles
el gesto de echar a correr
detrás de alguien
que anda ya tan
lejos

fade-out de um
te quiero

vinicius ferreira barth

Padrão

2 comentários sobre “calle la barcelonesa – vinicius ferreira barth

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s