poesia, tradução

clément marot (1496-1544), por andityas soares de moura

clément marot por corneille de lyon (c. 1537)

clément marot por corneille de lyon (c. 1537)

as obras eróticas do ocidente têm essa recorrência à brevidade.
pensem na lírica de catulo,
nos sonetos de aretino,
em bocage,
em bernardo guimarães,
em muitos etcéteras.
não é lei, é verdade, mas há uma recorrência.
hoje acordei com a cabeça em 5 pérolas
que andityas soares de moura (veja mais aqui) traduziu numa plaquete,
pela editora crisálida, em 2005:
à boa teta e outros quatro licenciosos poemas da frança renascentista.
escolhi dois poemas de clément marot (1496-1544)
que foram musicados por clément janequin (1485-1558)
& devidamente traduzidas por andityas, naquele ano da graça de 2005.

guilherme gontijo flores

ps: as gravações abaixo são todas de dominique visse com o ensemble clément janequin.

* * *

Tetin refaict, plus blanc q’un oeuf

Tetin refaict, plus blanc qu’un oeuf,
Tetin de satin blanc tout neuf,
Tetin qui fait honte à la rose,
Tetin plus beau que nulle chose ;
Tetin dur, non pas Tetin, voyre,
Mais petite boule d’Ivoire,
Au milieu duquel est assise
Une fraize ou une cerise,
Que nul ne voit, ne touche aussi,
Mais je gaige qu’il est ainsi.

Tetin donc au petit bout rouge
Tetin qui jamais ne se bouge,
Soit pour venir, soit pour aller,
Soit pour courir, soit pour baller.
Tetin gauche, tetin mignon,
Tousjours loing de son compaignon,
Tetin qui porte temoignaige
Du demourant du personnage.
Quand on te voit il vient à mainctz
Une envie dedans les mains
De te taster, de te tenir ;

Mais il se faut bien contenir
D’en approcher, bon gré ma vie,
Car il viendroit une aultre envie.
O tetin ni grand ni petit,
Tetin meur, tetin d’appetit,
Tetin qui nuict et jour criez
Mariez moy tost, mariez !
Tetin qui t’enfles, et repoulses
Ton gorgerin de deux bons poulses,
A bon droict heureux on dira
Celluy qui de laict t’emplira,
Faisant d’un tetin de pucelle
Tetin de femme entiere et belle.

Teta nova, mais branca que ovo,

Teta nova, mais branca que ovo,
teta de cetim branco novo,
teta que faz a rosa corar,
teta de beleza sem par,
teta firme, não teta, enfim,
pequena esfera de marfim,
no meio da qual se fareja
ua framboesa ou uma cereja,
que ninguém vê, tampouco toca,
mas assim é descrita em doce fofoca.

Teta, pois, da pontinha vermelha,
teta que sempre imóvel semelha,
no ir e vir de seu caminhar
ou para correr, ou para bailar.
Teta esquerda, teta sozinha,
teta separada da sua irmãzinha,
teta que é grande homenagem
para o resto da personagem.
Teta, que desperta em moço e ancião
um grão desejo lá dentro da mão:
de te provar, de te possuir.

Mas é preciso refrear o sentir,
o achegar-se assim tem que ser,
senão outras vontades verás florescer.
Ó teta nem grande nem pequena,
apetitosa, desenhada a bico-de-pena,
teta que noite e dia implora:
“Casa-me, casa-me agora!”
Felizardo, eis como se chamará
aquele que de leite de t’encherá
fazendo de teta de donzela
teta de mulher inteira e bela.

* * *

Martin menoit son pourceau au marché,

Martin menoit son pourceau au marché,
Avec Alix qui en la plaine grande
Pria Martin de faire le péché
De l’ung sur l’aultre, et Martin luy demande :
“Et qui tiendroit nostre pourceau, friande?”
“Qui, dist Alix, bon remede il y a”.
Lors le pourceau à sa jambe lya.
Et Martin juche qui lourdement engaine.
Le porc eut peur et Alix s’escria:
“Serre Martin, nostre pourceau m’entraine”

Martin levava seu porco ao mercado

Martin levava seu porco ao mercado
com Alix, que na relva formosa
rogou a Martin que lhe fizesse o pecado
da montaria gostosa. Disse Martin à fogosa:
“E quem cuidará do nosso porco, gulosa?”
“Quem? Dá-se um jeito…” ela arrematou.
E por estar ansiosa o porco à perna atou.
Martin s’empoleirou: pôs espada na bainha.
Mas eis que o porco se apavorou e Alix gritou:
“Aperta, Martin, ou o porco me arrasta c’a linha!”

(clément marot, clément janequin, via andityas soares de moura)

Padrão

4 comentários sobre “clément marot (1496-1544), por andityas soares de moura

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s