poesia, tradução

just love songs

foto de antanas sutkus, 1975

foto de antanas sutkus, 1975

eu já disse que amo demais uma mulher,
aqui eu já dediquei um r. creeley em tom de r. carlos pra ela.
& todos sabem do rídiculo de escrever cartas de amor,
do ridículo de não escrever cartas de amor.
mas hoje é uma volta solar dela, hoje tudo pode brilhar tão & mais.
por isso 3 canções, 3 outras vozes que me/lhe dou.
ou que nos dou à voz.
pra que se cantem em português.

guilherme gontijo flores

* * *

There will never be another you
(Harry Warren & Mack Gordon)

There will be many other nights like this,
And I’ll be standing here with someone new,
There will be other songs to sing,
another fall, another spring,
But there will never be another you.

There will be other lips that I may kiss,
But they won’t thrill me like yours used to do,
Yes, I may dream a million dreams,
But how can they come true,
If there will never ever be another you.

Não verei ninguém que nem você

Eu sei que muitas noites vão passar,
então um novo alguém virá me ver,
sei que virão outras canções,
outros invernos e verões,
mas não verei ninguém que nem você.

Sei que há mais outros lábios pra beijar,
mas não me tocam como só você,
eu posso até ter sonhos mil,
mas como acontecer,
se não verei jamais ninguém que nem você.

§

Black is the color of my true love’s hair
(canção tradicional, arranjo de Luciano Berio)

Black is the color of my true love’s hair,
his face so soft and wondrous fair,
the purest eyes,
and the strongest hands,
I love the ground on where he stands,
I love the ground on where he stands.

Black is the color of my true love’s hair,
of my true love’s hair,
of my true love’s hair.

Oh I love my lover,
and well he knows,
yes, I love the ground on where he goes,
and still i hope
that the time will come
when he and i will be as one,
when he and i will be as one.

Negra é a cor do meu grande amor

Negra é a cor do meu grande amor
seu vulto em viço e mais valor
e um puro olhar
e mãos com vigor
eu amo o chão que ele pisou
eu amo o chão que ele pisou

Negra é a cor do meu grande amor
do meu grande amor
do meu grande amor

Ah eu amo o amante,
que sabe bem,
sim, que eu amo o pó por onde vem
e espero assim
que venha algum
dia em que os dois seremos um,
dia em que os dois seremos um.

§

Wild is the wind
(Dimitri Tiomkin e Ned Washington)

Love me, love me, love me,
say you do,
let me fly away with you,
for my love is like the wind,
and wild is the wind,
wild is the wind.

Give me more than one caress,
satisfy this hungriness,
let the wind blow through your heart,
for wild is the wind,
wild is the wind.

You touch me,
I hear the sound of mandolins,
you kiss me,
with your kiss my life begins,
you’re spring to me,
all things to me,
don’t you know, you’re life itself!

Like the leaf clings to the tree,
oh, my darling, cling to me,
for we’re like creatures of the wind,
and wild is the wind,
so wild is the wind.

Vento é fúria em flor

Diga, diga, diga
que me quer,
quero fugir com você,
pois meu amor é vento em flor,
e o vento é fúria em flor,
vento é fúria em flor.
Mais que toques de cetim,
satisfaça a fome em mim,
deixa o vento te acertar,
que o vento é fúria em flor,
vento é fúria em flor

Num toque,
escuto o som dum bandolim,
num beijo,
por toda a parte eu digo sim,
você é verão,
meu tudo e tão:
você é a vida em si.

Como um broto aflora enfim
ah, meu bem, aflora em mim,
pois o vento nos criou,
e o vento é fúria em flor,
vento é fúria em flor.

(traduções de guilherme gontijo flores)

Padrão

Um comentário sobre “just love songs

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s