poesia

Bruno de Abreu (1992-)

unnamed

Bruno Nascimento de Abreu nasceu em 1992, em Ribeirão Preto, SP. Morou por 18 anos em Piracicaba e atualmente reside em São Paulo. É artista plástico e cursa o terceiro ano de filosofia na Faculdade de São Bento.

* * *

I

Restaram na mesa alguns fósforos
que não foram usados.
Dos seus pares negros e retorcidos
guardam o mesmo tamanho,
mas são retos e frescos porque ainda esperam
seu algum martirio,
sua repentina dissolução absoluta,
que não conhecem
não sabem o que, qual
morte exatamente lhes espera

Que a morte é intransferivel
mesmo entre fósforos
Cada um tem a sua própria
oculta na clareza da próxima
a ser riscada no palito irmão

II

Seus narizes rosados
apontam para o horizonte
como se por medo
ou coragem ousássem
prolongar sua finitude
numa pose.

Por medo ou coragem
e uma obscena inconsciência
de soldados alistados
esperando a convocação

Ao lado dos fósforos consumidos
parecem quase úmidos, elásticos
banhados pelo ar claro, o lago
do tempo, pelo reflexo perfeito,
simétrico de seu pouco peso
no vidro em que repousam, inermes
dentro do dia frio.

A nitidez das formas do entorno os acoberta
e nada neles supõe o futuro incêndio.

Sua natureza mais inteira
sem o ardor da fumaça
desaparece, madeira
sem qualquer inscrição
ainda:

essência,
rigida e invisivel,

profecia à espera
de consumação.

III

A cabeça de um fósforo, um sol diminuto
Entre um astro volátil e um lápis recluso,
Não aquece muito mas queima
num segundo o que se achega

A ponta de fogo
se consuma rápida e silenciosa
e nao inscreve nada
mais do que o instante em que se risca

Nele penso ver o presente,
uma serpente: esconde-se
num rápido escândalo

(ligeiramente mais escandaloso
que o branco contínuo do papel
que é o sentido da vista).

Oculta-se
entre o momento dos olhos
acesos e o medo
dos dedos queimados.

Anúncios
Padrão

Um comentário sobre “Bruno de Abreu (1992-)

  1. luisa libardi disse:

    Bruno, você é um poeta pronto, completo e muito sensível. Orgulho de ter sido sua professora de artes. Parabéns!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s