poesia

5 poemas inéditos de Leandro Jardim

leandro jardim perfil pb

Leandro Jardim escreve poesia, prosa e letra de canção. Publicou, dentre outros, a novela A Angústia da Relevância (Oito e Meio, 2016) e as coletâneas de poesia Peomas (Oito e Meio, 2014) e Todas as vozes cantam (7Letras, 2008). Em parceria com Rafael Gryner, lançou os discos O Sonhador (2014) e Sementes musicais para um mundo cibernético (2011). Também possui canções com artistas como Diogo Cadaval (banda Mocambo), Clara Valente e Matheus VK. Reúne suas demais publicações em antologias e coletâneas no link: leandrojardim.blogspot.com.br . Os poemas abaixo são da série inédita Timeline.

***

Sempre tem uma besta que diz

sempre tem uma besta que diz
eu sei do que estou falando
porque leio os jornais
sempre tem uma besta que diz
eu sei do que digo justo
porque não os leio, sempre
tem uma que diz e repete e insiste
a mídia é uma orquestra manipulada
e manipuladora dizem duas bestas
que não sabem se discordam ou não
tais argumentos não tem bandeira
são de direita e são de esquerda
diz a besta diz a besta
maravilhas de uma imprensa alternativa
se olhando no espelho olhando-se
e outra besta se refastela
de algum erro gramatical
(sic) (sic) (sic) sempre tem
uma e outra besta engasgadas
com o que não sabem mas sabem dizer
que sempre tem uma besta que diz
porque não sabe não saber

§

 

Posts

As pessoas são mais frágeis que seus posts
São mais belas que suas fotos
Mais frágeis que seus posts

Seus gestos hesitam: é o belo balé
Presenças fraquejam falas, cambaleamos
O ritmo é a verdade

Todo movimento é um improviso, arte
Porque há o outro, há o espaço contido
E um desconforto que interdita o olhar

A irrefletida beleza, a improvável
Concretude da carne cheiro alcance
Vedada ao melhor dos mais frágeis posts

§

 

GIF_Estação_terminal

Um trem descarrilha,
Desgovernado.

Estrondo e hesitação
Se entreolham no terminal.

– É só, e sempre, o relógio na parede! –
Grita um.

– É a televisão que não desligam! –
Aponta outro, dedo em riste .

– Nada disso, é o coração
Que não cala, e o trabalho

Que não acaba –
Sussurra alguém.

Silêncio e movimento
Se atropelam na estação.

Desgovernado
Um homem descarrilha.

§

 

Oficina papa-prêmio

Aula 1 – Se inscreva
em todos
os concursos. Tenha sempre
inéditos à mão. Não escolha
o porte da prefeitura
ou o tamanho em dinheiro
do prêmio. Prêmio é prêmio. Aceite
até a participação em coletâneas
pagas, se esse for
o caso (geralmente é, dizem).

Aula 2 – Trabalhe
focado. Não desperdice
sua inspiração, especialmente
se ela for rara. Entenda
todos os prêmios, analise
o tipo de obra que costumam
prestigiar. Não leia clássicos,
leia os vencedores
das edições anteriores. Escreva
unicamente material aplicável,
só comece quando souber
onde vai inscrever. Inscrever é mais
importante do que escrever.

Aula 3 – Conheça
o perfil de cada jurado. Os perfis
de jurados. Onde encontrá-los. Como
se aproximar. Tenha lido
suas obras, se possível
faça citações pouco explícitas

Aula 4 – Autopromoção
até na derrota. Toda vez
que perder, escreva um texto
criticando a lisura do prêmio. Arrogue-se
um injustiçado. Outros
perdedores o apoiarão. Vire
seu porta voz e angarie
assim alguns leitores
como prêmio de consolação.
Prêmio é prêmio, aceite.

§

 

Quando incomoda

frisar quando incomoda
acomoda o que cala
e num tiro dispara
incontida escolha

e se explode à bala
o que era só bolha
quando não mais se poda
o que estava na cara

chega, pensa, sai, para
porra, cara, tá foda
ou melhora o que fala
ou te enfio uma rolha

*

Anúncios
Padrão

3 comentários sobre “5 poemas inéditos de Leandro Jardim

  1. Pingback: 5 poemas inéditos de Leandro Jardim — escamandro | O LADO ESCURO DA LUA

  2. Regina disse:

    Fortes e emocionados, emocionando as reflexões do contraditório que perplexa. Bjs carinhosos e obrigado por embelezar esse planeta 🌍

  3. Ana Maria disse:

    Vestir a literatura desvelando o avesso e retratando o ‘direito’ das faces do ser no momento em que vivemos é especialidade de Leandro e me encanta!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s