Uncategorized

Cândido Rolim (1965—)

Cândido Rolim (1965, Várzea Alegre,Ceará) é formado em Ciências Jurídicas e Sociais pela PUC/RS e reside atualmente em Fortaleza. Publicou Arauto (1988, Ed. Dubolso, Sabará/MG), Exemplos alados (1997, Ed. Letra & Música, Fortaleza/CE), Pedra habitada (2002, Ed. AGE, Porto Alegre/RS), Fragma (2007, Ed. Secult, Fortaleza/CE) e Camisa qual (2008, Ed. Éblis, Porto Alegre/RS). Publica poemas, artigos e ensaios em alguns sítios e revistas de literatura e crítica na web, editou o blogue Signagem com o poeta e crítico gaúcho Ronald Augusto. Em 2018 lançou, pela editora TextoTerritório, o livro Sutur.

* * *

A PESSOA BALEADA PEDE ÁGUA

E ali o cara estirado entre
curiosos – mãos tapumes para
os ouvidos – enquanto o mundo aos
poucos mais se calcinava e
árvores sombras pessoas
pedras nada era o
nome que chamava.
Ninguém lhe dava um
pedaço líquido de si
ninguém era mais de carne –
mudos coágulos humanos pareciam desejar
a sede maior que
a morte

§

DE CIMA ABAIXO

E esse senhor bem vestido de cima
espiando o contorno
opalescente das unhas
nada diz nada fala nada
comunica a esse outro que
lhe engraxa os sapatos

§

MÃE

estranho só agora
posso medir esse tempo em
que vivemos chamando um
pelo outro – aquela perenidade 
menor a cada dia

Padrão

3 comentários sobre “Cândido Rolim (1965—)

  1. jane barbosa disse:

    O Cândido é um poeta, poeta, poeta. O Cândido faz poesia que não é cândida, é poesia, poesia, poesia. Fala do que vejo sem ver. O olhar que ele tem…do outro lado do espelho. Vida longa ao poeta!

Deixe uma resposta para ninarizzi Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s