Mônica de Aquino (1979—)

Mônica de Aquino (Belo Horizonte, 1979) publicou os livros Sístole (2005), Fundo Falso (2018) e Continuar a nascer (2019), além de cinco livros infantis. Com Fundo Falso, foi vencedora do Prêmio Cidade de Belo Horizonte e finalista do Prêmio Jabuti. Lança agora, pela Edições Macondo, Linha, labirinto, em que retoma o mito da Penélope e soma a sua voz à voz de outros artistas e … Continuar lendo Mônica de Aquino (1979—)

Priscilla Campos (1990—)

Priscilla Campos nasceu no Recife. É jornalista, crítica literária, poeta e doutoranda em Literatura Hispano-Americana pela Universidade de São Paulo (USP), onde pesquisa a obra da autora uruguaia Marosa di Giorgio. Publicou, em poesia, o gesto (nosostros editorial) e, em formato ensaio, Nenhum muro à altura do peito (Edições Macondo). * * * (sem título) Trocar de pele. Pausa. Eu sou o sonho perdido da … Continuar lendo Priscilla Campos (1990—)

Victor Squella (1994—)

Victor Squella nascido em Junho de 1994 no Rio de Janeiro, onde vive atualmente, publicou Escápula [7Letras, 2019] e vai lançar Piquenique Jururu [La Bodeguita] ainda esse ano. * * * Ele mete a unha, com algum esforço, dentro da casca…………………………….da castanha-da-índia.Evitando os espinhos da casca. O dedão dele agora…………………………….ocupa todo o espaço.Você o olha através do silêncio daquele movimento. Você se segura para não … Continuar lendo Victor Squella (1994—)

Catarina Lins (1990—)

Catarina Lins nasceu em Florianópolis, SC, em 1990. É autora de Músculo (2015), Parvo orifício (2016), O teatro do mundo (2017) e Na capital sul-americana do porco-light (2018). A seleção de poemas, logo abaixo, faz parte do livro Um bom ano para o milho, ainda inédito. * * * As possibilidades contrafatuais a pele,um tronco – (uma pessoa que é uma celebridadeapenas no Uruguai) As partes que se encontramapenas uma vezsó para depoisse separarem novamente –  … Continuar lendo Catarina Lins (1990—)

Rodrigo Garcia Lopes (1965_)

fotografia de Elisabete Ghisleni Rodrigo Garcia Lopes (Londrina, PR, 1965) é poeta, romancista, tradutor, compositor, ensaísta e jornalista. Publicou os livros de poesia Solarium (1994), Visibilia (1996), Polivox (2002), Nômada (2004), Estúdio realidade (2013), Experiências extraordinárias (2015) e O Enigma das ondas (2020). É autor do romance policial O Trovador (finalista do Prêmio São Paulo de Literatura de 2015).Os poemas abaixo fazem parte de seu … Continuar lendo Rodrigo Garcia Lopes (1965_)

Laís Reis (1988-2020)

Laís Reis (1988-2020). Nasceu em São Bernardo do Campo. Formada em Letras, Português e Latim Clássico, pelas Universidades de São Paulo e Coimbra. Participou da Cooperativa da Invenção: Poesia e Tecnologia (2017) e do Curso Livre de Preparação de Escritores (2019), ambos na Casa das Rosas em São Paulo. * * * 1.*Você morre* Quando que não morre?Lucky Strike Duchampignon pronto para refletirentre um smoke e um strike … Continuar lendo Laís Reis (1988-2020)

Sessão Vagalume | Collana Gialla, por Prisca Agustoni

Há sete anos, a editora italiana Lietocolle publica, em parceria com o prestigioso festival literário Pordenonelegge (www.pordenonelegge.it), que ocorre todo ano no mês de setembro, uma coleção de poesia, “la gialla” (a amarela). Incialmente pensada para lançar ao público novas vozes da poesia italiana contemporânea, ao longo dos anos as edições ganharam também uma coleção paralela, “la gialla oro” (a ouro), que reúne trajetórias mais … Continuar lendo Sessão Vagalume | Collana Gialla, por Prisca Agustoni

Thadeu C. Santos [1987_]

Thadeu C Santos (Itaperuna, 1987) é poeta e editor de poesia. Autopublicou zensaída (2016) e nossa arte é postar (2018) e é um dos produtores da Subcena (2017-2020). * * * toque para ampliar dobras no caminhoantes de vir. não vou, sem antesolhar para o céu. se alguma coisa cairque me tome de cima / baixo, useesta calça caqui em que um pingo de caféentrega … Continuar lendo Thadeu C. Santos [1987_]

Rente demais aos poemas de Arnaldo Xavier (1948-2004), por Ronald Augusto

Em agosto de 1998 Arnaldo Xavier enviou-me uma carta contendo alguns exemplares do livro LUDLUD (edição Casa Pyndahyba, 1997). No final da carta, digitada com capricho, uma anotação de punho solicitava: “Envie um [exemplar] p/o mineiro”. Não tenho bem certeza, mas esse destinatário mineiro deveria ser ou o Ricardo Aleixo ou o Edimilson de Almeida Pereira. Fosse quem fosse, espero que eu tenha enviado o … Continuar lendo Rente demais aos poemas de Arnaldo Xavier (1948-2004), por Ronald Augusto

XANTO | Papo Solto com Siba, um poeta da voz, por Erika Muniz

foto de José de Holanda/divulgação Em diversos momentos de nossa história, as movimentações artísticas encontram na canção um de seus elementos centrais. Seja no forró, samba, hip hop, funk carioca, baião, carimbó, pagodão baiano, frevo ou ciranda, para citar alguns dos ambientes em que isso se torna evidente. Mas há inúmeros outros. Sempre em profundo diálogo com a poesia e a teatralidade, visto que essas … Continuar lendo XANTO | Papo Solto com Siba, um poeta da voz, por Erika Muniz