Anne Sexton, por Júlia C. Rodrigues

Anne Sexton é uma poeta que desperta fascínio. Nos retratos, encontramos uma bela mulher que sempre parece à vontade diante da câmera. Nos registros audiovisuais de suas entrevistas e leituras, encontramos uma autora eloquente, uma notável oradora. Nos poemas, encontramos uma voz provocante, perspicaz, disposta a tratar da intimidade sem meias-palavras. Frequentemente associada ao controverso rótulo da “poesia confessional”, junto de figuras como W. D. … Continuar lendo Anne Sexton, por Júlia C. Rodrigues

Três poemas uterinos de Anne Sexton, por Mariana Basílio

Anne Sexton (1928 – 1974) é uma das mais celebradas poetas estadunidenses do século XX. Autora de mais de 10 livros de poesia e prosa, venceu o Prêmio Pulitzer de Poesia em 1967. A vida de Sexton foi marcada por sua luta contra a depressão. Ela começou a escrever na década de 1950, incentivada pelo seu analista. Os temas de seus poemas incluem sua longa … Continuar lendo Três poemas uterinos de Anne Sexton, por Mariana Basílio

Anne Sexton, por Beatriz Regina Guimarães Barboza

ALGUNS POEMAS DOS ÚLTIMOS ANOS DE ANNE SEXTON Nos últimos poemas do livro The Awful Rowing Toward God (1975), último livro que Anne Sexton (1928-1974) chegou a revisar antes de seu suicídio — embora tenha deixado outros textos para posterior compilação — o poema “Mothers” chama a atenção pelo diálogo que ele possui com textos em outros livros seus. Trabalha-se com esses textos pois que … Continuar lendo Anne Sexton, por Beatriz Regina Guimarães Barboza

Anne Sexton (1928 – 1974)

Quando se pensa em poesia confessional, ou confessionalismo, um dos primeiros nomes que vêm à mente (e ao google, diga-se de passagem) é o de Anne Sexton. Nascida em 1928 na cidade de Newton, Massachusetts, a vida de Sexton foi marcada por sua luta contra a depressão, tendências suicidas e outros problemas de saúde mental. Ela começou a escrever em meados da década de 1950, … Continuar lendo Anne Sexton (1928 – 1974)