Louis Zukofsky, por Arthur Lungov

Louis Zukofsky (1904 – 1978) foi um dos poetas estadunidenses mais inventivos e instigantes do século XX. Poeticamente, Zukofsky segue na linha dos grandes vanguardistas norte-americanos, em especial Pound e T. S. Eliot. Zukofsky vê no poema um objeto linguístico que deve ser manipulado e composto a fim de levar a linguagem e a tradição poética ao máximo de suas tensões. Sua maior obra, o … Continuar lendo Louis Zukofsky, por Arthur Lungov

XANTO|Entrevista com Gramiro de Matos, por Arthur Lungov

Gramiro de Matos (nome que Ramiro de Matos adotou em homenagem ao também baiano e expoente do barroco brasileiro Gregório de Matos) foi um dos poetas mais importantes e experimentais da contracultura nacional, podendo facilmente figurar ao lado de nomes como Torquato Neto e Waly Salomão entre aqueles que reformularam o código poético nos momentos pós-tropicalistas e pós-concretistas dos anos 70. Teve importante participação na … Continuar lendo XANTO|Entrevista com Gramiro de Matos, por Arthur Lungov

XANTO| “poema como moenda”, a poesia de Daniel Arelli por Arthur Lungov

Lição de matéria (Biblioteca do Paraná, 2018; com segunda edição já prometida pela Edições Macondo para 2020) é um livro que, a princípio, pode ser tomado pelo título, pela literalidade daquilo que traz logo na capa. Os dois substantivos nucleares já dão pista do que virá, ainda que seus significados não sejam em seus significados mais hodiernos: “lição” (sf. (…) 6. Forma particular de interpretar … Continuar lendo XANTO| “poema como moenda”, a poesia de Daniel Arelli por Arthur Lungov