Alfonsina Storni (1892—1938), por Ayélen Medail

Alfonsina Storni (1892—1938) atualmente ocupa um lugar dentro do cânone da poesia argentina, lugar que ela nunca teria imaginado ocupar. Sua obra multifacetada abrange poesia, ensaio, artigos jornalísticos e teatro, apesar de ser mais reconhecida por seus primeiros livros, bem próximos ao modernismo de Darío, A inquietude do roseiral (1916), O doce dano (1918) e Irremediavelmente (1919). Publicou oito livros de versos, sendo um deles … Continuar lendo Alfonsina Storni (1892—1938), por Ayélen Medail