Baudelérias, por Wladimir Saldanha

BAUDELÉRIAS: O RISO E O PROSAÍSMO DE BAUDELAIRE A propósito de Baudelaire, constuma-se acentuar o contraste entre a forma elevada de sua poesia, que segue o modelo clássico francês, e os temas baixos – a carniça, o satanismo, a vida das ruas. Mas, haveria algo de próprio no classicismo do autor de As flores do mal? Para alguns leitores incomuns, como T. S. Eliot e … Continuar lendo Baudelérias, por Wladimir Saldanha

Mais textos de Murilo Mendes

Aproveitando o texto sobre o eterno nas letras brasileiras modernas que postei aqui, gostaria de indicar alguns links para outros textos de Murilo Mendes que estão no Anuário de Literatura, n. 9, 2001, da UFSC. São artigos interessantes para compreendermos melhor as concepções filosóficas que estão no fundo de alguns dos poemas de Murilo dos anos 30-40, bem como para mostrar o seu trabalho como … Continuar lendo Mais textos de Murilo Mendes