XANTO | Papo Solto com Siba, um poeta da voz, por Erika Muniz

foto de José de Holanda/divulgação Em diversos momentos de nossa história, as movimentações artísticas encontram na canção um de seus elementos centrais. Seja no forró, samba, hip hop, funk carioca, baião, carimbó, pagodão baiano, frevo ou ciranda, para citar alguns dos ambientes em que isso se torna evidente. Mas há inúmeros outros. Sempre em profundo diálogo com a poesia e a teatralidade, visto que essas … Continuar lendo XANTO | Papo Solto com Siba, um poeta da voz, por Erika Muniz

Uma casa para ordenar o caos: entrevista de Ronald Polito a Fabio Weintraub

Por ocasião do lançamento de seu mais recente livro de poemas, Ao abrigo (Belo Horizonte: Scriptum, 2015, 60 p., ISBN 978-85-89044-95-0, R$ 35,00), o poeta e historiador Ronald Polito refere-se à própria experiência criativa como deslocada em face da “apercepção trágica ou irônica do mundo”; discorre sobre a diversidade formal nos poemas de Ao abrigo; questiona a fixação dos companheiros de ofício em parâmetros herdados … Continuar lendo Uma casa para ordenar o caos: entrevista de Ronald Polito a Fabio Weintraub

Entrevista com Ricardo Domeneck

ricardo domeneck (n. 1977, em bebedouro, hoje mora em berlim) é, a meu ver, um dos poetas brasileiros mais interessantes dos últimos anos e também um dos mais versáteis, embora ele o desdiga na primeira primeira resposta da entevista logo abaixo; sua poesia incorpora uma série de experiências que estavam na tradição vanguardista do século xx, mas de modo eclético, sem as dicotomias e exclusões … Continuar lendo Entrevista com Ricardo Domeneck