1 poema inédito de Maíra Mendes Galvão

Maíra Mendes Galvão (Brasília, 1981) é tradutora e poeta. Publicou a plaquete nove poemas de mau gosto em 2018 pela Corsário-satã e o livro jamanta na testa em 2019 pela Quelônio. Teve poemas e textos publicados nas revistas ruído manifesto, casulo, escamandro, parênteses, gazeta de poesia inédita, asymptote, entre outras. Teve poemas e traduções publicados em antologias no Brasil e no México. Faz acompanhamentos sonoros … Continuar lendo 1 poema inédito de Maíra Mendes Galvão

Uma alegria estilhaçada: Poesia brasileira 2008-2018, por Gustavo Silveira Ribeiro

Hoje sai finalmente a antologia preparada pelo professor Gustavo Silveira Ribeiro, em desdobramento da série Uma casa para conter o caos, que foi publicada em 2019, na seção Xanto, e também da antologia A extração dos dias: poesia brasileira agora, publicada aqui em 2017. Como em todos os casos, prezamos pela independência crítica e cedemos o espaço para que ela se desdobre em diálogos e debates. … Continuar lendo Uma alegria estilhaçada: Poesia brasileira 2008-2018, por Gustavo Silveira Ribeiro

Maíra Mendes Galvão

maíra mendes galvão (Brasília, DF, 1981) é tradutora e poeta. Mestranda na FFLCH/USP, pesquisa teorias da tradução e traduz a poeta modernista Mina Loy. Seus poemas foram publicados em revistas como Raimundo, Diversos Afins, Parênteses, Casulo, Gazeta de Poesia Inédita e Ruído Manifesto. Teve traduções e outros textos publicados na revista Geni e também na Asymptote, com a qual colaborou por um ano. Teve poemas … Continuar lendo Maíra Mendes Galvão