8 poemas de Paul Verlaine, em 3 tradutores

Há exatamente um ano eu postei umas traduções minhas e da editora e tradutora Heloisa Jahn de alguns poemas eróticos de Verlaine, em comemoração aos 168 anos do poeta – ao que acompanhou, logo na sequência, um outro post com traduções e notas do Leo Gonçalves, sobre o mesmo assunto.  Retornamos agora ao velho poeta maldito para relembrarmos, desta vez, a parte mais “séria”, por … Continuar lendo 8 poemas de Paul Verlaine, em 3 tradutores

reverlaine, despudor: “les amies” por leo gonçalves

o post passado, feito por adriano scandolara, em homenagem ao aniverário de 168 anos de paul verlaine me fez pensar imediatamente em leo gonçalves. lembro o dia em que o conheci em bh, na livraria-editora crisálida, como o tradutor do doente imaginário de molière & da poesia de blake, mas principalmente como o tradutor de poemas eróticos, les amies, de verlaine ainda sem publicação (havia pouco, … Continuar lendo reverlaine, despudor: “les amies” por leo gonçalves

Aniversário de 168 anos de Paul Verlaine: sonetos eróticos

Há 168 anos, nascia o poeta maldito Paul-Marie Verlaine.  A maioria o conhece (i.e. dos que o conhecem) por sua poesia localizada entre o simbolismo e o parnasianismo – “Des sanglot longs /Des violons / De l’automne”, etc – e por seu relacionamento conturbado com o juvenilíssimo poeta revoluncionário Arthur Rimbaud, que resultou em seu encarceramento (lembremos que “sodomia” era crime à época), um tiro … Continuar lendo Aniversário de 168 anos de Paul Verlaine: sonetos eróticos