3 poemas inéditos de vinicius ferreira barth (1986-)

vinicius ferreira barth (1986, curitiba) vive em buenos aires. tem graduação em português e grego antigo & mestrado em estudos literários pela UFPR. já traduziu poesia, de milton a garcía lorca, de kaváfis a pizarnik, & hoje toca um projeto de tradução das argonáuticas de apolônio de rodes (um trecho saiu aqui), tendo já lançado o primeiro canto com comentário em forma de dissertação. atualmente trabalha também em dois … Continuar lendo 3 poemas inéditos de vinicius ferreira barth (1986-)

Nova “Terra sem Mal”

nenhum gesto sem passado nenhum rosto sem o outro acabou de sair online o livro Terra sem Mal, uma parceira entre poemas de Josely Vianna Baptista & desenhos de Guilherme Zamoner: em resumo, primor. mas, ainda que breve, preciso dizer duas cositas sobre essa alegria — seria o livro uma terra sem mal neste remate de males que chamamos mundo? — & que justificam ainda mais sua leitura. … Continuar lendo Nova “Terra sem Mal”

Leila Danziger

Que a memória é um dos temas essenciais para os judeus ninguém há de contestar – desde o copo que se quebra na ocasião do casamento para lembrar a queda do Segundo Templo de Jerusalém (temperando, segundo a Talmude, o sentimento de celebração da ocasião com uma lembrança dolorosa) até o esforço ativo, ainda mais doloroso pela proximidade cronológica, de não deixar a Shoah cair … Continuar lendo Leila Danziger

Sebastião Nunes – Enfisema Pulmonar

Será lançada oficialmente esta semana, dia 15, na Casa das Rosas, em São Paulo, a antologia Poesia (Im)Popular Brasileira, organizada por Julio Mendonça (editora Lamparina Luminosa, mais detalhes no lançamento aqui. Na ocasião também teremos o relançamento do Brasa enganosa). Como diz o título, o volume é uma coletânea da poesia de autores cujo estatuto é, digamos, menos que canônico. Temos nomes que já foram … Continuar lendo Sebastião Nunes – Enfisema Pulmonar

o velho chico

engraçado como assuntos se interligam com facilidade, & coincidências fazem boa parte da nossa graça neste planetinha. fiz, faz pouquíssimo tempo, um post comentando a ausência das fotos & imagens no livro toda poesia de paulo leminski, levantando exatamente a questão do diálogo vivo entre imagem & poesia; logo na sequência, o vinicius acabou de fazer dois belos posts mostrando como os quadrinhos tiram sarro dos poetas (que bem merecem) & como … Continuar lendo o velho chico

poesia e quadrinhos (2 de 2): a visualização

não faço ideia do que outros poetas visualizam na hora de compor seus textos. nunca perguntei. eu, por minha parte, tenho para cada um dos meus trabalhos uma cena muito concreta gravada na memória, um tipo de imagem que traduz toda a situação descrita no poema. por causa disso eu sempre gostei de poemas narrativos, épicos e poemas de situação (uma variação de sitcoms, sit-poems?). … Continuar lendo poesia e quadrinhos (2 de 2): a visualização

poesia e quadrinhos (1 de 2): poetas e poesia como temática

dois são os temas que abordarei nesta e na próxima postagem: parte 1) o poeta e a chacota: alguns exemplos selecionados do personagem-poeta sendo um divertido – e frutífero – motivo de tiração de sarro. parte 2) poesia e ilustração, cadê?: já que, coincidentemente, o último post, que trata de ‘Toda Poesia’ de Leminski, toca nesse assunto no que concerne às notáveis ausências de ‘processos … Continuar lendo poesia e quadrinhos (1 de 2): poetas e poesia como temática

2 poemas sobre ilustrações de leonardo MAthias

o poeta e ilustrador leonardo MAthias já não é nenhum estranho por estas bandas, e, em um de seus trabalhos mais recentes – a chamada série massas – ele vem desenvolvendo uma forma de diálogo entre imagem e poesia, de maneira, talvez, análoga à do trabalho que desenvolveu em sua exposição as janelas de rilke. No entanto, ao contrário das janelas, onde as ilustrações foram … Continuar lendo 2 poemas sobre ilustrações de leonardo MAthias

Leonardo MAthias

chegou a hora do blog desegotizar, para além das traduções que andamos fazendo. o primeiro trabalho que temos aqui é de leonardo MAthias, poeta e artista plástico de sampa; ele mesmo diz que “poesia, artes visuais e design são lugares nos quais também habita. oscila. via linguagem se exercita.” e eu diria/acrescentaria ainda que ele se exercita via linguagens: ora como poeta (seu primeiro livro … Continuar lendo Leonardo MAthias