Sessão Vagalume|Cristiano Poletti, por Prisca Agustoni

Cristiano Poletti (Treviglio, 1976) é autor de Porta a ognuno (poesia, L’arcolaio, 2012); do ensaio Trovandomi in inviti superflui, em L’attesa e l’ignoto – l’opera multiforme di Dino Buzzati (L’arcolaio, 2012); das prosas críticas recolhidas em Dei poeti (Carteggi letterari, 2019); do livro Libellula gentile, com o documentário de Francesco Ferri dedicado à figura e ao trabalho de Fabio Pusterla (Marcos y Marcos, 2019) e … Continuar lendo Sessão Vagalume|Cristiano Poletti, por Prisca Agustoni

Sessão Vagalume|Eleonora Rimolo, por Prisca Agustoni

Eleonora Rimolo (Salerno, 1991) é doutora em Estudos Literários na Universidade de Salerno. Entre suas publicações: La resa dei giorni (Alter Ego, 2015 – Prêmio Giovani Europa in Versi), Temeraria gioia (Ladolfi 2017 – Prêmio Pascoli, Prêmio Civetta di Minerva, Finalista Prêmio Fogazzaro e Prêmio Fiumicino) e La terra originale (Pordenonelegge-Lietocolle, 2018- Prêmio Achille Marazza, Prêmio Pordenonelegge Poesia, Prêmio Minturnae). Seus inéditos foram publicados em … Continuar lendo Sessão Vagalume|Eleonora Rimolo, por Prisca Agustoni

Sessão Vagalume|Laura Accerboni, por Prisca Agustoni

Laura Accerboni nasceu em Gênova em 1985. Formada em Letras Modernas, viveu em Lugano (Suíça) onde conseguiu o Master em Literatura Italiana (USI). Atualmente vive em Genebra. Tem poemas publicados em inúmeras revistas italianas e internacionais (Nuova Corrente, Italian Poetry Rewiew, Gradiva, Poesia, Lo Specchio, Steve, Capoverso, Loch Raven Rewiew). Em 2010 publicou seu primeiro livro, Attorno a ciò che non è stato (Edizioni del … Continuar lendo Sessão Vagalume|Laura Accerboni, por Prisca Agustoni

Sessão Vagalume|Azzurra D’Agostino (1977—), por Prisca Agustoni

Azzurra D’Agostino (1977) nasceu no Appennino Tosco-Emiliano.  Publicou várias coletâneas de poemas, entre as quais D’Aria sottile (Transeuropa, 2011, selez. Prêmio Viareggio); Canti di um luogo abbandonato ( SassiScritti, 2013, Prêmio Carducci 2014); Quando piove ho visto le rane (Prêmio Ciampi Valigie rosse, 2015). Curou junto com Francesca Matteoni o volume antológico Un ponte gettato sul mare. Uma experiência de poesia nos centros psiquiátricos (Perda … Continuar lendo Sessão Vagalume|Azzurra D’Agostino (1977—), por Prisca Agustoni

Maria Borio, por Davi Araújo

Maria Borio (Perugia, 1985) é poeta e crítica literária. Doutora em Literatura Italiana Contemporânea, assina os estudos Satura. Da Montale alla lirica contemporanea (Fabrizio Serra Editore, 2013) e Poetiche e individui. La poesia italiana dal 1970 al 2000 (Marsilio Editori, 2018). Como poeta, publicou a série Vite unite (em XII Quaderno italiano di poesia contemporanea, Marcos y Marcos, 2015), a plaquete L’altro limite (Pordenonelegge-Lieticolle, 2017), e o livro Trasparenza (Interlinea, 2019). Escreve … Continuar lendo Maria Borio, por Davi Araújo

Goliarda Sapienza (1924-1996), por Valentina Cantori

Goliarda Sapienza (1924-1996) foi poeta, prosadora e atriz italiana. Desobediente, incômoda e revolucionária, só quase um século após seu nascimento se tornou umas das maiores vozes da literatura italiana do Novecento. Nascida na Catania dos anos 20, Goliarda passa a vida inteira imersa em arte e política. Filha de Maria Giudice, importante figura da política italiana, e de Giuseppe Sapienza, advogado socialista, é criada num … Continuar lendo Goliarda Sapienza (1924-1996), por Valentina Cantori

Maddalena Lotter (1990-), por Francesca Cricelli

Maddalena Lotter (1990-) nasceu e vive em Veneza. É musicista, flautista, formada em música e letras clássicas pela Universidade Ca’ Foscari de Veneza. Integra a Orquestra de Câmara de Veneza. Ganhou o prêmio Taglio de poesia na Itália e foi finalista de inúmeros outros como o prêmio Carducci. Francesca Cricelli (1982-) é poeta, pesquisadora e tradutora. Publicou Repátria no Brasil (Selo Demonio Negro, 2015) e … Continuar lendo Maddalena Lotter (1990-), por Francesca Cricelli

Um soneto de Dante, por Matheus Mavericco

Célebre soneto que, se há trinta e cinco anos era companheiro de vida de Dámaso Alonso (isso numa passagem belíssima logo no início de seu Poesia espanhola), sem exagero nenhum podemos dizer que há séculos é companheiro de qualquer pessoa que se encante por poemas. E olha, falo sem exagero. A humanidade objetivamente se aprimorou depois que um belo dia alguém sentou e, após apagar … Continuar lendo Um soneto de Dante, por Matheus Mavericco

perverter cummings, achar ungaretti

  ontem o matheus mavericco fez uma bela postagem sobre o poema mais famoso de e.e.cummings por estas plagas. bateu aquela vontade de traduzir, mas acabei pervertendo, o que é uma forma honesta de versão. aqui vão elas, sem mais. guilherme gontijo flores § a primeira é um contracummings que celebre a rosa em flor, num movimento de interioridade que pode apontar para a pluralidade … Continuar lendo perverter cummings, achar ungaretti

Mariangela Gualatieri (1951-) por Francesca Cricelli

Mariangela Gualatieri (Cesena/ Itália, 1951), poeta e dramaturga, começa a escrever dentro do Teatro Valdoca fundada por ela mesma com o diretor Cesare Ronconi. Desde o início preocupa-se com a entrega oral da poesia – realizando leituras dos seus versos na Itália e em diversos países, esteve em São Paulo em 2012 durante o encontro e exposição “de uma estrela a outra” organizado na Casa das … Continuar lendo Mariangela Gualatieri (1951-) por Francesca Cricelli