Emily Dickinson e suas traduções – parte V

[Para as outras postagens deste ciclo: parte I (biografia, introdução, mais uma tradução de P. H. Britto), parte II (a tradução de Ivo Bender), parte III (Isa Mara Lando), parte IV (Augusto de Campos)] Para quem ainda lembra, já passou e muito da hora, creio, de retomar esse ciclo de postagens. Depois de vermos uma breve introdução, a tradução de Ivo Bender, a de Isa … Continuar lendo Emily Dickinson e suas traduções – parte V

Emily Dickinson e suas traduções – parte IV

[Para as outras postagens deste ciclo: parte I (biografia, introdução, mais uma tradução de P. H. Britto), parte II (a tradução de Ivo Bender), parte III (Isa Mara Lando), parte V (José Lira)] Imagino que, dentre quem vem acompanhando este ciclo e ainda não se enfastiou da minha verborragia, deva haver quem esteja ansioso para que eu chegue logo na tradução de Augusto de Campos. … Continuar lendo Emily Dickinson e suas traduções – parte IV

Emily Dickinson e suas traduções – Parte III

[Para as outras postagens deste ciclo: parte I (biografia, introdução, mais uma tradução de P. H. Britto), parte II (sobre a tradução de Ivo Bender), parte IV (Augusto de Campos), parte V (José Lira)] E o trabalho continua. Hoje voltaremos nossas atenções para a edição de Isa Mara Lando, Loucas Noites / Wild Nights. Para esta postagem, eu gostaria de agradecer à Amanda Zampieri, que … Continuar lendo Emily Dickinson e suas traduções – Parte III

Emily Dickinson e suas traduções – Parte II

[Para as outras postagens deste ciclo: parte I (biografia, introdução, mais uma tradução de P. H. Britto), parte III (sobre a tradução de Isa Mara Lando), parte IV (Augusto de Campos), parte V (José Lira)] Algumas semanas atrás eu dei início a algo como um esboço de um ciclo aqui no escamandro sobre traduções de Emily Dickinson. Esta agora é a primeira postagem em que … Continuar lendo Emily Dickinson e suas traduções – Parte II

Emily Dickinson e suas traduções – Parte I

[esta é a primeira parte deste ciclo de postagens; para as postagens posteriores: parte II (sobre a tradução de Ivo Bender), parte III (sobre a tradução de Isa Mara Lando), parte IV (sobre a tradução de Augusto de Campos), parte V (José Lira)] Fazia um tempo já que eu andava querendo redigir um post sobre a poeta Emily Dickinson (1830 – 1886). Mas acontece que … Continuar lendo Emily Dickinson e suas traduções – Parte I