Sessão Vagalume|Cristiano Poletti, por Prisca Agustoni

Cristiano Poletti (Treviglio, 1976) é autor de Porta a ognuno (poesia, L’arcolaio, 2012); do ensaio Trovandomi in inviti superflui, em L’attesa e l’ignoto – l’opera multiforme di Dino Buzzati (L’arcolaio, 2012); das prosas críticas recolhidas em Dei poeti (Carteggi letterari, 2019); do livro Libellula gentile, com o documentário de Francesco Ferri dedicado à figura e ao trabalho de Fabio Pusterla (Marcos y Marcos, 2019) e … Continuar lendo Sessão Vagalume|Cristiano Poletti, por Prisca Agustoni

Roger Robinson, por André Capilé & Prisca Agustoni

Roger Robinson [Londres/Trinidad] é um poeta, músico e performer que vive entre a Inglaterra, onde nasceu, e Trinidad, onde passou boa parte da vida levado por seus pais. Conforme diz, para o sítio meet the poet: “Quando eu tinha quatro anos meus pais me levaram para morar em Trinidad. Trinidad é uma ilha minúscula onde todo mundo fala o tempo todo. Principalmente sobre outras pessoas, … Continuar lendo Roger Robinson, por André Capilé & Prisca Agustoni

Sessão Vagalume|Eleonora Rimolo, por Prisca Agustoni

Eleonora Rimolo (Salerno, 1991) é doutora em Estudos Literários na Universidade de Salerno. Entre suas publicações: La resa dei giorni (Alter Ego, 2015 – Prêmio Giovani Europa in Versi), Temeraria gioia (Ladolfi 2017 – Prêmio Pascoli, Prêmio Civetta di Minerva, Finalista Prêmio Fogazzaro e Prêmio Fiumicino) e La terra originale (Pordenonelegge-Lietocolle, 2018- Prêmio Achille Marazza, Prêmio Pordenonelegge Poesia, Prêmio Minturnae). Seus inéditos foram publicados em … Continuar lendo Sessão Vagalume|Eleonora Rimolo, por Prisca Agustoni

Sessão Vagalume|Laura Accerboni, por Prisca Agustoni

Laura Accerboni nasceu em Gênova em 1985. Formada em Letras Modernas, viveu em Lugano (Suíça) onde conseguiu o Master em Literatura Italiana (USI). Atualmente vive em Genebra. Tem poemas publicados em inúmeras revistas italianas e internacionais (Nuova Corrente, Italian Poetry Rewiew, Gradiva, Poesia, Lo Specchio, Steve, Capoverso, Loch Raven Rewiew). Em 2010 publicou seu primeiro livro, Attorno a ciò che non è stato (Edizioni del … Continuar lendo Sessão Vagalume|Laura Accerboni, por Prisca Agustoni

Sessão Vagalume|Laura di Corcia (1982—), por Prisca Agustoni

Laura Di Corcia, nasceu em Mendrisio, Suíça, em 1982, formou-se em Letras Modernas em Milão. Poeta, jornalista cultural, professora e ensaísta. Organizou a biografia de Giancarlo Majorino, Vita quasi vera di Giancarlo Majorino (La vita felice, 2014). É de 2015 sua estréia como poeta, Epica dello spreco, pela editora Dot.com Press. Os poemas aqui traduzidos foram extraídos da sua segunda publicação, In tutte le direzioni … Continuar lendo Sessão Vagalume|Laura di Corcia (1982—), por Prisca Agustoni

Sessão Vagalume|Azzurra D’Agostino (1977—), por Prisca Agustoni

Azzurra D’Agostino (1977) nasceu no Appennino Tosco-Emiliano.  Publicou várias coletâneas de poemas, entre as quais D’Aria sottile (Transeuropa, 2011, selez. Prêmio Viareggio); Canti di um luogo abbandonato ( SassiScritti, 2013, Prêmio Carducci 2014); Quando piove ho visto le rane (Prêmio Ciampi Valigie rosse, 2015). Curou junto com Francesca Matteoni o volume antológico Un ponte gettato sul mare. Uma experiência de poesia nos centros psiquiátricos (Perda … Continuar lendo Sessão Vagalume|Azzurra D’Agostino (1977—), por Prisca Agustoni

Sessão Vagalume| Por Prisca Agustoni

Começamos hoje uma série feita pela poeta, tradutora e professora suíça Prisca Agustoni, que está radicada no Brasil há já bastante tempo; uma figura capaz de produzir poesia de espanto em algumas línguas ao mesmo tempo. Abaixo, segue o texto de apresentação; e em breve começaremos de fato com a “Sessão Vagalume”. Guilherme Gontijo Flores * * * SESSÃO VAGALUME   Que esses nossos tempos … Continuar lendo Sessão Vagalume| Por Prisca Agustoni

XANTO| Os bois alados na poesia de Eustáquio Gorgone de Oliveira, por Prisca Agustoni

O presente trabalho pretende abordar a obra do poeta mineiro Eustáquio Gorgone de Oliveira – nascido em Caxambu, em 1949 e falecido em São Paulo, em 2012 –, considerando, particularmente, a coletânea Manuscritos de Pouso Alto (Juiz de Fora: Funalfa Edições; Rio de Janeiro: 7 Letras, 2004). O livro se apresenta rico em imagens enigmáticas, cifradas, nas quais é possível entrever um mundo em processo de distorção. Essa característica não é exclusiva apenas dessa coletânea de poemas, ao contrário, é possível encontrar rastros de uma representação da realidade transfigurada em função do impacto que esta provoca na sensibilidade do poeta desde a primeira recolha em livro de poemas do autor, em 1974, com o livro Delirium-tremens. Inúmeras vezes, a esse traço expessivo, traiçoeiro – por não representar um real “tal qual ele é”, mas “tal qual ele se dá” à percepção sensível do artista – , foi atribuída uma vinculação com a corrente estética do surrealismo (como nos textos críticos de Márcio Almeida e Luiz Ruffato). Continuar lendo XANTO| Os bois alados na poesia de Eustáquio Gorgone de Oliveira, por Prisca Agustoni

3 poemas inéditos de Prisca Agustoni (1975-)

Prisca Agustoni nasceu na Suíça e mora no Brasil desde 2003. Traduz do italiano, do francês e do espanhol, é professora de Literatura Comparada na Universidade Federal de Juiz de Fora, cidade mineira onde reside atualmente. Ensaísta, prosadora e poeta, integra o comitê científico de vários festivais literários na Suíça e de revistas, além de escrever e publicar sua obra em italiano, francês e português. … Continuar lendo 3 poemas inéditos de Prisca Agustoni (1975-)