traduzir e retraduzir (n)o escamandro

o capítulo primeiro de tradução, reescrita e manipulação da fama literária, de andré lefevere, inicia-se com o seguinte parágrafo: Este livro lida com os intermediários, homens e mulheres que não escrevem literatura, mas a reescrevem. Isso é importante porque eles são, no presente, co-responsáveis, em igual ou maior proporção que os escritores, pela recepção geral e pela sobrevivência de obras literárias entre leitores não-profissionais, que … Continuar lendo traduzir e retraduzir (n)o escamandro

Versões de um poema de Rumi

A poesia de Rumi é, para usar as palavras de Plotino a respeito da alma, como o ouro que deve ser purificado para mostrar seu esplendor. Como se trata de um místico persa do século XIII, alguns de seus símbolos e formulações são quase ininteligíveis para nós. No entanto, apesar de toda a distância , no espaço e no tempo, alguns de seus versos ainda … Continuar lendo Versões de um poema de Rumi

catulices (caio valério catulo)

caio valério catulo (ca. 84-54 a.c.) é um dos poetas mais interessantes que a antiguidade produziu. não sabemos quase nada da sua vida, fora o fato de que sua família era de verona, e que o poeta veio posteriormente morar em roma. da sua obra, temos uma coletânea intitulada liber catulli (livro de catulo), que nos chegou com uma série de problemas textuais e com um … Continuar lendo catulices (caio valério catulo)