quem?

um blog pra 4.
(já foi pra 3, pra 5)
um blog pra quem?
começar um blog é ao mesmo tempo
entrar num movimento (nem tão) novo, talvez
no desejo de ser mais presente do presente,
e atirar no pé – desaparecer na informação da internet.
a aparição é o próprio movimento
de apagamento, talvez.

pra 4, mas pra quem?
primeiro o porquê,
melhor, pra quê.
nenhum de nós, ao que parece,
precisa compartilhar seu sofrimento matinal porque a pasta de dente acabou,
não precisamos contar como foi nosso
dia, a noite, a dor de dente, o clima, a guerra mundial, dourar pílula, apagar
pílulas, ou simplesmente pedir pra parar tudo
que eu quero descer.
mentira:
nós queremos isso sim, e não só precisamos;
nós queremos, mas não vamos;
ou até que vamos,
do nosso jeito.

por isso escamandro, o primeiro rio literário
(muito melhor que um rio de heráclito
em só-devir)
a dar uma sova num herói,
um rio de dois nomes,
divino – xanto –
humano – escamandro:
é claro que queremos o humano;
talvez cutucar os deuses,
epifaná-los.

poderíamos ter sido
quatro maluco no opalão –
soava descolado,
ganharia uma sigla descolada de “4mno”,
que ninguém entenderia, ninguém explicaria
(nós é que não).
talvez até fosse mais poético mais moderno mais cool.
mas pra que tanto poético
num blog de poesia?

18 comentários sobre “quem?

  1. Prezados, sem favor nenhum: o blogue de vocês é um dos melhores sobre poesia de toda rede.

    Dizemos isso pois quando procuramos coisas um pouquinho mais sofisticadas, vocês estão sempre junto de 2 ou três outros que os mecanismos de busca indicam.

    Contudo, na linguagem do turfe, vocês estão umas duas ou três cabeças à frente. 😎

    Ou melhor: 4, posis são 4 poetas e críticos escrevendo.

    Estamos todos muito entusiasmados com o trabalho de vocês. Sim: somos 5 profissionais de informática fazendo um blogue amador sobre cultura.

    E, quantitativamente, ganhamos de vocês: 5 versus 4. Pena que na qualidade… 😎

    Bom Natal a todos. Gratos por sua generosidade de colocar conteúdo de tão alto nível na rede.

    1. Boa tarde, possuo uma pequena editora em Portugal (http://edcontracapa.blogspot.com), de vão de escada, e com orgulho nisso, tenho-me dedicado a editar uma colecção de antologias e gostaria de editar uma de poesia brasileira. Seria um problema, ou gostariam de me ajudar, se for possível, a organizar uma partindo da escolha de autores publicados por este vosso blog?

      O e-mail da editora é edcontracapa@gmail.com, se me puderem responder e virem com bons olhos a ideia, para mim seria muito mais que ouro sobre azul.

      Um abraço,

      Daniel Ferreira

  2. Olá. Primeiro parabéns pelo blog. Muito bom mesmo.
    Segundo, vocês recebem textos para publicação ou é apenas para convidados. Obrigado. E novamente, parabéns.

  3. Parabéns para a escamandro: espaço para a Literatura e para a poesia é preciso cavar. Tá valendo!

  4. Prezados (as),
    Sou jornalista e escritor – estudei Comunicação, Letras e Arquivologia –, e atuei em jornais e revistas impressos e em assessoria de imprensa. Sou autor do romance “Nem toda humanidade está perdida”, autopublicado como e-book para Kindle, pela Amazon, e integrei a coletânea “Espanha”, publicada pela Niterói Livros, com o conto “Memórias de um Mouro”.
    Gostaria muito de participar da Revista Gueto. É possível? Posso enviar material para avaliação por esse e-mail?
    Cordialmente,
    Octavio Perelló

    1. Não, Octavio. Para participar da Revista Gueto você deve entrar em contato diretamente com eles.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s