poesia

Priscila Lira

prilira

Priscila Lira (Amazonas – 1991) é pesquisadora, artista visual, escritora e freelancer. Publicou, pela Ellenismos Edições (Fortaleza), Manual de Feitiçaria e o Barulho do Mormaço. Tem escrito para o blog Liberoamérica  e vive em Curitiba atualmente.

*

Lagartixa emplumada

Capinei os pelos dos corpo,
depois de uns dois meses.
Só o capô foi salvo,
ficou apenas fingindo civilidade,
aparadinho.

Consulto Ana C. antes de dormir:
“Abri curiosa
o céu.
Assim, afastando de leve as cortinas.
Eu queria rir, chorar,
ou pelo menos sorrir com a mesma leveza com que os ares me beijavam”.
*

Caqui

A luz do dia atravessa os cílios cerrados e deitados no quintal

em cima dos olhos, galhos de amor

vermelho nas bordas sem bordas lentamente
se alaranja no centro.

O   vento bate o caqui
mordido pelas folhas
tremelica no fundo invisível das minhas pálpebras.

Um cemi-círculo se rasga nos
lábios amanhecidos e tristonhos que não vejo.
*

Rastro

 o sol balança pelo calor
do corpo da rede
saliva grossa de tapiocaqueijomargarina
cobre língua e gengiva
as mãos caminham para o rosto,
cobrem a luz.
meus dedos sujos de maracujá
dão carinho pro nariz que
inspira expira
amarelo cítrico.
*

Correnteza
Me perdi na cidade entregando currículos
perfumes, azulejos, uniformes, pressa, pó compacto fiquei tonta

para amaciar os nervos
me rendo aos dedos indicadores dos transeuntes
fluo pelos bairros

(o dia escurecendo
as paredes brancas tomando cor
de concreto e fuligem)

como o rio Belém entremuros.

Lula para Jesus Cristo!
diz o vidro do ponto de ônibus
Preciso sair dessa miséria!
a artista sem-teto
na lona rosa rabiscada
jogada por cima do seu carrinho com
manequins mendigos customizados sentados e
sacos e sacos de lixo reciclável
sorri para a minha contemplação otária
que não disse boa tarde! perguntei seu nome disse isso
é muito foda EUNÃOFIZNADAOTÁRIAOTÁRIAAAAAA

esqueço o nome da rua que o moço disse pra eu dobrar
anoitece

Atrás do Capanema
casas de lona se fazem vida na grama
finalmente reconheço um lugar

me pergunto se o moradores saberão que
pelas festas que dancei ali
o território faz um pouco parte de mim também…

Sou cumprimentada como superstar
BOANOITEEEEEEEE
Tiro os fones de ouvido para devolver
maresiiia, sente a maresiiiiaaaaa
canta o moço do barraco
sorrio

Um outro
solitário
me segue com olhos de desejo violento
faço cara de gatinho raivoso
ele some por entre os trilhos do trem

Pausa para cerveja.

Vida, vida, vida, vida
se prepara para dormir na marquise do Mercado Municipal

gemidos na rua que segue
meus olhos acompanham os ouvidos

com um sorriso no canto da boca:

um casal se agarra no escurinho do portão.

*

Um peixe

Não sei como pagar o aluguel de setembro
tô procurando trampo em bar, há de dar boa
MASSSSS
encontrei um macacão roxo bufante
BABADEIRA num brechó da São Fran
talvez eu esteja meio baiacu mesmo

bufante
de raiva
dos dedos de ubu do golpista

Sem controlar o corpo rolante,
nas horas de calmaria,
segurando as colunas enfraquecidas da própria vida.
Mas essa parte não tem nada a ver com baiacu,
não sei muitas coisas sobre baiacus, na verdade

Olha, mas veja só:
“Por sua pele ser bastante elástica, o peixe não rasga quando incha, a coluna também”
#oremos

ou:
Pra me comer tem que fazer o corte direitinhosenão, queridaaaaaaaan!
rrmmmmmmmmmmmm.

Pq, ó, céus! O meu veneno não chega em fazendeiros, banqueiros, presidentes?!
Terceirização, queridan. Monocultura.
Que chegue pelo menos na praga daquele Senhor então.
#oremos #morrediabo

*

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

˜

Padrão

Um comentário sobre “Priscila Lira

  1. Celina de Oliveira disse:

    Eu a acompanho desde o princípio é escritora por “natureza”, nasceu com o dom, tem a capacidade de brincar com as “letras” assim como o cantor brinca com os baixo , contra-baixo, soprano.
    Reverências Priscila Dra.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s